A importância da Gestão Financeira para empreendedores

Consultoria especializada em negócios pet

A importância da Gestão Financeira para empreendedores

01/11/2021 Gestão Pet 0
gestão financeira negócio pet

Primeiramente, saber lidar com a Gestão Financeira é uma das tarefas imprescindíveis em um negócio. Ela é essencial para que a empresa aumente o seu lucro e saiba sanear gastos. Nesse sentido, é possível otimizar os recursos financeiros para atingir os objetivos estabelecidos.

Para os que estão empreendendo no mercado pet, pode parecer um pouco difícil no início. Porém, não precisa se preocupar! Agora, no mercado, há diversas ferramentas e técnicas disponíveis para auxiliar os empresários.

Para que um negócio prospere, e esteja sempre em ascensão, é extremamente importante entender a importância da Gestão Financeira. Ou seja, se você deseja aprender mais sobre este assunto, confira o artigo até o final!

 

Por que a Gestão Financeira é tão importante?

Se a situação financeira de uma empresa for ruim, as consequências podem ser catastróficas. Desequilíbrios financeiros podem levar um negócio à dívidas pesadas, necessidade de empréstimos e inadimplência de contas a pagar. Com isso, as perdas podem ser irreparáveis, prejudicando o seu empreendimento ou até mesmo provocando o seu encerramento.

Obviamente, não é isso que queremos para a sua empresa! Portanto, a primeira pergunta que devemos fazer é: “Por que a situação financeira está tão ruim?”. Às vezes, as vendas até vão bem, mas os resultados não aparecem. Nesse caso, não restam dúvidas de que o problema está na sua Gestão Financeira. Ela está sendo falha!

Por meio de um bom planejamento, a entrada e saída de dinheiro do seu negócio pode ser controlada. Com a Gestão Financeira, você também consegue:

  •       Criar previsões de faturamento mensais e anuais;
  •       Pensar em possibilidades de melhorias e investimentos;
  •       Identificar as oportunidades e problemas;
  •       Acompanhar o desempenho financeiro;
  •       Realizar o controle financeiro adequado.

 

Como fazer a Gestão Financeira da sua empresa?

Neste caso, o ideal é sempre contar com uma assessoria especializada. Nós, da Valor Pet, realizamos esse serviço e podemos te ajudar! Entretanto, para que você saiba acompanhar a Gestão Financeira do seu negócio, separamos  aqui os primeiros passos:

  1.     Separe as despesas pessoais e as despesas do negócio

Essa tarefa é um grande desafio, principalmente para os microempresários (MEI).  Definitivamente, esse passo é obrigatório em todas as empresas! Ao mesmo tempo que você perde o controle do seu lucro, também arruma obstáculos com a Receita Federal. Ou seja, caso ela identifique saques e movimentações que não foram declaradas, você poderá sofrer danos.

Nesse sentido, ao separar as suas contas pessoais com as do empreendimento é possível saber se ele está lucrando. Além disso, você conseguirá compreender qual é a projeção de caixa para o futuro. Por essa razão, a gestão das finanças é tão importante!

  1.     Organize o fluxo de caixa

Acima de tudo, a organização do fluxo de caixa é um dos principais passos de uma Gestão Financeira eficiente. Ele é o responsável por registrar a saída e a entrada de caixa da empresa durante um período. Portanto, todas as transações financeiras devem ser devidamente organizadas no fluxo. Por exemplo: despesas, receitas, contas a pagar e a receber, reembolsos e empréstimos.

Dessa forma, o ideal é atualizar e organizar seu fluxo de caixa diariamente para adquirir o controle financeiro e fazer previsões. Planejamento é tudo!Afinal, ao atualizar todos os registros você pode tomar melhores decisões sobre a saúde financeira de sua empresa.

  1.     Registre todas as datas de vencimento e pagamento

Frequentemente, o atraso no pagamento das contas ocorre por esquecimento ou falta de organização financeira. Você já deve saber que evitar atrasos pode ter um impacto significativo no caixa do seu negócio. Principalmente, devido às eventuais multas e juros incorridos quando isso acontecer.

Outra dica é registrar tudo, absolutamente tudo. Por menor que seja o valor do lançamento contábil, nada deve ficar de fora. Afinal, “de grão em grão, a galinha enche o papo”.

  1. 4. Escolha um bom sistema de gestão

O uso do sistema de gestão (ERP) deve ir muito além das exigências fiscais. Com ele você consegue registrar não só compras e vendas, como também construir um banco de dados de clientes. Além disso, é possível criar centros de custos, categorias e subcategorias de produtos para maior compreensão dos resultados financeiros. Com tantos benefícios, por que utilizar o sistema apenas para o básico?

  1. Faça a segregação da análise financeira das atividades

Como dito anteriormente, a maioria das empresas do setor pet são empreendimentos de atividade mista. Ou seja, é muito comum a associação ao desenvolvimento concomitante de venda de produtos com a prestação de serviços.

Dessa forma, faça a análise financeira individual de cada atividade desenvolvida. Com isso, você irá adquirir a correta dimensão da performance financeira de cada setor da sua empresa.

 

Conclusão

Em síntese, a Gestão Financeira é imprescindível em qualquer tipo de empresa. Ela será a responsável por administrar os recursos financeiros para que o seu negócio cresça. Ter noções de finanças é essencial para que os empresários saibam acompanhar os seus lucros. Todavia, isso não descarta a necessidade de uma Consultoria Especializada.

Nós, da Valor Pet, damos todo o suporte para os negócios do mercado pet. Além de cuidar dos recursos financeiros, também ajudamos em todas as áreas administrativas.

E aí, gostou deste conteúdo? Fique por dentro dos nossos artigos, e acompanhe o Linkedin para mais dicas sobre Empreendedorismo. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *